Vale a pena comprar apartamento na planta? Ou é melhor comprar pronto?

EmCasa Imobiliária do Futuro

A pergunta é frequente para quem está planejando ou pensa em comprar um imóvel: vale a pena comprar um apartamento na planta?

Como em qualquer transação financeira, existem prós e contras dos dois lados dessa moeda do mercado imobiliário.

Qualquer um que já tenha participado de um evento de pré-venda deve ter experimentado aquela sensação extática e excitante de dinheiro mudando de mãos e fortunas sendo feitas.

A atmosfera é agitada e a sala fica cheia de pessoas perguntando, decidindo e, o mais importante, reservando unidades antes que o “estoque” acabe.

Então, vem a grande questão, vale a pena comprar um apartamento na planta?

A resposta é sim, vale a pena. No entanto, é necessário ter cautela e é importante não ceder à mentalidade do rebanho ou, pior ainda, às táticas de venda de pressão dos eventos de vendas.

Imóveis prontos ou secundários também são bons investimentos. Tudo depende do meu momento financeiro atual e das características do imóvel que você deseja comprar.

Generalizar um investimento como melhor e outro como pior é desconsiderar a realidade de cada comprador e prendê-lo em uma única opção quando o mercado oferece várias possibilidades.

Então, no post de hoje, vamos mostrar alguns argumentos para você analisar se vale a pena comprar um apartamento na planta, e ajudá-lo a considerar os benefícios e riscos.

Vale a pena comprar apartamento na planta: saiba o que analisar

apartamento-planta-beneficios-riscos

1. Benefícios

O preço de hoje amanhã

Se você pudesse ter um apartamento de qualidade em um bairro excelente da sua cidade, pelo preço que estava sendo vendido há dois anos, você compraria?

Sem pensar duas vezes, a resposta seria sim.

Há dois anos, o preço dessa mesma unidade teria sido mais barato do que seu preço atual de mercado. Essa premissa é verdadeira para unidades na planta, que oferecem o preço de mercado atual de uma unidade que será entregue em aproximadamente dois anos.

Desde que todas as coisas permaneçam iguais ou sem grandes oscilações (ou seja, a unidade não é excessivamente cara e a economia local é estável), isso significa que você tem a garantia de um lucro em papel.

Se a área onde o imóvel está localizado se desenvolver agregando outros benefícios úteis para o dia a dia das pessoas como supermercados, escolas, transporte e outras melhorias gerais na infraestrutura; o impacto positivo sobre os preços dos imóveis localmente é afetado significativo e para melhor.

Plano de pagamento diferenciado

Construtoras de apartamentos na planta não esperam que os compradores paguem antecipadamente todo o imóvel. Há um elemento de risco para potenciais compradores, pois o prédio ainda não está concluído.

Portanto, os desenvolvedores tendem a oferecer planos de pagamento que estruturam a quitação em parcelas gerenciáveis.

As propriedades na planta dão um certo grau de alavancagem a um investimento imobiliário. Obviamente, o comprador de um apartamento na planta não pode gerar rendimentos de aluguel, no entanto eles podem participar de um aumento na demanda (na economia local ou para a área) e se beneficiar da valorização do capital no médio a longo prazo.

Os preços de compra são significativamente menores que a média

Um dos principais pontos pelos quais vale a pena comprar um apartamento na planta é a possibilidade de garantir a compra abaixo do valor de mercado.

Muitas vezes, isso se deve aos desenvolvedores que desejam demonstrar um certo nível de vendas antes de comercializar o empreendimento ou vender o maior número possível de unidades antes da conclusão.

Algumas construtoras também oferecem descontos adicionais para investidores que compram várias propriedades a qualquer momento como um incentivo adicional.

Possibilidade de revender com lucro antes da conclusão

Como é mais do que provável que sua propriedade suba de valor antes da conclusão, os investidores podem optar por colocar sua propriedade à venda e vender a um valor de mercado mais alto.

Embora isso possa ser uma boa estratégia para os investidores que buscam lucrar rapidamente, você veria muito mais benefícios de crescimento de capital alocando a propriedade e também obtendo o benefício de uma renda de aluguel regular, além do crescimento de capital.

2. Riscos

Não conclusão

Embora a grande maioria das construtoras tenha oferecido nos últimos anos um certo grau de segurança para os investidores e a não conclusão tenha se tornado uma raridade, essa eventualidade está sempre presente.

Os empreendimentos são essencialmente desenvolvidos por empresas que estão sujeitas a uma série de possíveis problemas, desde subcapitalização, gastos excessivos a questões legais com os acionistas da corporação.

Portanto, os investidores de imóveis na planta sempre são aconselhados a selecionar e reservar unidades de empresas respeitáveis, com um forte histórico de conclusão de projetos bem-sucedidos.

Forte apelo dos materiais de marketing

Não acredite sempre no que você vê nos materiais de marketing e/ou no que mostram as unidades decoradas.

Os desenvolvedores precisam gerar hype e entusiasmo para seus projetos, portanto, eles sempre garantem que os materiais de marketing sejam feitos nos melhores materiais para ficarem perfeitos.

Alguns desenvolvedores cumprem sua promessa e oferecem qualidade, mas nem sempre é esse o caso.

Um recurso ótimo que muitas empresas como a EmCasa utiliza é o tour virtual. É uma ferramenta que permite que quem está pesquisando imóveis possa ver detalhes sobre as unidades. Uma espécie de passeio só que você faz do sofá da sua casa mesmo.

Busque por esse recurso nos sites das empresas, pois ele te ajudará a analisar com mais detalhes os imóveis pelos quais você se interessar em comprar.

Oscilação da economia

Com em qualquer investimento em propriedade ou compra em segunda mão, sempre haverá o risco inevitável de uma recessão econômica.

No entanto, para investimentos na planta, a questão é agravada. Em primeiro lugar, porque a empresa de construção pode ter dificuldades para concluir o projeto.

Em segundo lugar, como um comprador, você está empenhado em “transferir” a unidade após a conclusão (a menos que você esteja feliz em perder suas parcelas anteriores). Então se a economia está afundando, isso pode significar um preço mais alto do que as condições de mercado vigentes.

Você conhece os riscos e benefícios… e agora?

A decisão final de se vale a pena comprar apartamento na planta ou um pronto deve ser bem pensada. O que aconselhamos é uma atitude de tomada de riscos equilibrada e cuidadosa!

Há dinheiro a ser feito com apartamentos na planta e essa é a razão pela qual a pesquisa deve ser criteriosa para encontrar projetos cuidadosamente selecionados e que podem alcançar todo potencial de investimento.

No entanto, aqueles que se aproximam da compra de apartamentos na planta de forma imprudente, confiando cegamente apenas em informações fornecidas durante “eventos de pré-vendas” podem inadvertidamente ter problemas no futuro por não se informarem com atenção.

Quer comprar um apartamento? A EmCasa é uma imobiliária digital feita para simplificar a compra e venda de imóveis. Faça um Tour Virtual pelos imóveis em nosso site sem sair de casa!

Dica para vender imóvelPowered by Rock Convert
EmCasa Imobiliária do Futuro