Descubra quais as novas regras para utilizar FGTS na hora de comprar a casa própria

Essa semana, mais especificamente no dia 31 de julho, o Governo aumentou o limite máximo do valor dos imóveis que podem ser financiandoscom a utilização do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, ou seja, o famoso FGTS.

De acordo com o Conselho Monetário Nacional (CMN), o indivíduo que buscar o financiamento do seu imóvel através do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) verá que o limite de financiamento passou de R$ 950 mil para R$ 1,5 milhão em todos os Estados.

Compreenda como o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) pode ser utilizado e quem são os privilegiados que poderão utilizá-lo no financiamento de um imóvel. 

Novas regras para utilizar o FGTS no financiamento imobiliário

Resolvemos responder as perguntas mais frequentes sobre esta nova atualização. Confira!

1- Qualquer um que faz a utilização dos recursos do FGTS tem a oportunidade de usar para financiar a casa própria?

Não. É preciso ter, pelo menos, 3 anos de serviço com carteira assinada (CLT) com o recolhimento do FGTS e não pode ser dono de algum outro imóvel na mesma região metropolitana ou em região limítrofe. Também não poderá ter financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SFH).

2- Atualmente, quais os limites dos valores de propriedades financiadas?

O valor é limitado a R$ 950 mil, para a concessão da utilização do FGTS, como abatimento ou entrada. Este limite vigora em Estados como: Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo, que devido aos empreendimentos, têm seus valores elevados. Em outros estados do Brasil, o valor é de R$ 800 mil.

3- Qual vai ser o novo valor para a utilização desse recurso?

De acordo com as novas regras, o limite do valor aumentará para R$ 1,5 milhão em todos os estados do Brasil.

4- A partir de quando essa novidade começa a valer?

As novas regras começam a ser aplicadas no começo do ano que vem, mais especificamente em janeiro de 2019.

5- Quais as taxas que serão autorizadas para a utilização desse recurso?

De acordo com o Sistema Financeiro de Habitação (SFH), o limite da taxa é de 12% ao ano, com atualização através da Taxa de Referência (TR).

6- Existe algumas exceções para a utilização do FGTS para financiamento de imóveis?

Não está permitido o saque do FGTS para:

  • Construção e reformas, nem para a compra de materiais de construção;
  • Aquisição de imóveis comerciais e
  • Aproveitamento do benefício por familiares ou dependentes.

Como esta mudança passa a vigorar a partir de janeiro de 2019, ainda estamos num bom momento para planejamento financeiro, mas não deixe passar aquela oportunidade única de adquirir o imóvel dos seus sonhos. Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários que iremos responder!