Consórcio imobiliário vale a pena pra você? 5 prós e 3 contras da modalidade

consórcio imobiliário vale a pena
EmCasa Imobiliária do Futuro

Você não quer arcar com os altos juros do financiamento de um imóvel, mas também não tem capital em caixa nem disciplina para juntar dinheiro? Neste artigo vamos apontar prós e contras em busca de responder se consórcio imobiliário vale a pena.

Existe uma lista do que saber antes de comprar um imóvel, entre esses fatores, as formas de investir em um patrimônio devem ser analisadas a fundo para garantir um bom negócio. A decisão entre fazer um consórcio imobiliário ou financiamento também é uma das análises a serem consideradas.

A decisão pelo fundo de capitalização ao qual você vai recorrer para quitar esse negócio é fundamental para que todo o processo seja positivo para você. Entre as principais opções estão:

  • capital próprio: quando você tem em caixa o valor total para a compra do imóvel;
  • financiamento: em geral, recorre-se às instituições bancárias com programas de crédito para compra de imóvel;
  • consórcio: um fundo sem juros pelo qual você precisa esperar ser contemplado para então comprar seu imóvel .

A última opção da lista – o consórcio – é conhecida por algumas de suas principais características:

  • custo final menor do que o oferecido pelo financiamento tradicional, uma vez que não apresenta taxa de juros;
  • investimento a longo prazo, afinal o contribuinte depende de sorteios ou lances para ser contemplado.

Além dessas duas características mais populares, existem outras informações importantes para quem deseja saber se o consórcio imobiliário vale a pena e se ele é a melhor opção para as suas necessidades.

Continue acompanhando nosso artigo. Separamos dicas sobre consórcio imobiliário, apresentando detalhes que irão te ajudar a tomar a melhor decisão.

O que é consórcio imobiliário?

O consórcio imobiliário é gerenciado por uma administradora que presta contas ao Banco Central, órgão que fiscaliza esse tipo de negócio.

A administradora reúne um grupo de pessoas que tenham o mesmo objetivo, por exemplo, comprar um imóvel de R$ 700 mil.

A ideia é que todos os membros desse grupo paguem uma mensalidade para criar um fundo.

A cada mês um ou mais (varia de acordo com o consórcio) membros são sorteados e recebem o valor do consórcio em forma de carta de crédito, para fazerem a compra do imóvel.

Também é possível que o contemplado retire o dinheiro e não use para a compra do imóvel, mas faça outra compra ou investimento. Esse não é o objetivo do consórcio, mas é algo que pode ser realizado pelos contemplados.

Além do sorteio, mensalmente os participantes daquele grupo podem dar lances. O maior lance é o contemplado do mês. Neste ponto, uma dica sobre consórcio importante é que você confira as regras da administradora da qual você contratou o consórcio.

Existem mínimos e máximos de lances, estabelecidos pelas empresas organizadoras. A vantagem dessa prática é ser contemplado antes. O consórcio imobiliário é bom, nesses casos, para quem tem uma boa parte do dinheiro do imóvel em caixa (mas, não tudo) e precisa do imóvel rapidamente.

Como você viu, o consórcio funciona como uma forma de “guardar dinheiro”. É como uma poupança que obriga você a reservar mensalmente um valor.

Entretanto, ao contrário da poupança e de outras formas de investimento, o consórcio possui taxas e não gera lucro nem rendimentos.

A seguir, vamos entender as vantagens e desvantagens desse negócio e tentar compreender se consórcio imobiliário vale a pena para você.

Consórcio imobiliário vale a pena? 5 prós da modalidade

Antes de listarmos os principais prós do consórcio imobiliário, é preciso entender para quem ele é voltado.

É importante que você entenda se faz parte dos grupos mais beneficiados por essa modalidade ou se ele não é o melhor investimento para você e é hora de ir em busca de outras opções.

Entre os públicos para os quais o consórcio imobiliário é bom, ou seja, entre as pessoas que melhor se adaptam ao consórcio estão:

  • pessoas que não precisam do imóvel a curto prazo ou
  • quem tem um valor significativo reservado para dar um lance já nos primeiros meses ou
  • quem não tem disciplina para juntar dinheiro por conta própria e precisa de um compromisso como uma conta a pagar.

Como você deve ter percebido colocamos o “ou” entre cada tópico, porque não é necessário que você atenda a todos esses perfis para colocar o consórcio entre as suas principais opções na hora de fazer um negócio.

É claro que qualquer pessoa pode fazer um consórcio, o que quisemos fazer ao listar os principais grupos que podem se beneficiar, é auxiliar na sua escolha.

Então vamos lá! Consórcio imobiliário vale a pena? Veja os prós, a seguir:

1. Facilidade para adquirir – sem entrada e sem burocracia

Um dos principais problemas enfrentados por quem deseja comprar um imóvel é a burocracia e as exigências do banco para a liberação do dinheiro.

No consórcio imobiliário você não precisa comprovar nada. Basta ir até uma instituição autorizada, adquirir uma cota e fazer os pagamentos em dia.

Quando você for contemplado receberá o dinheiro/carta de crédito para fazer sua compra.

Além dessa vantagem, o consórcio imobiliário vale a pena para quem não tem o valor necessário de entrada, pois, não exige esse pagamento.

Novamente, basta adquirir a conta e pagar a mensalidade, sem se preocupar em dar nenhum valor de entrada. Apenas se você tiver interesse em dar um lance, o mesmo deverá ser um montante maior, definido entre o mínimo e máximo imposto pelo contrato assinado.

Se você não quiser dar um lance, não há problema. Basta esperar ser sorteado.

Atenção: após ser contemplado o imóvel comprado será a garantia de que você continuará pagando as parcelas.

2. Custo mais baixo do que financiamento

Quando o assunto é a compra de um imóvel um dos pontos que mais merecem atenção é o custo final de um financiamento.

Quais são os juros de consórcio imobiliário?

No consórcio não existem taxa de juros, mas não se iluda, existe sim um custo médio de 20% do valor do imóvel.

O custo do consórcio inclui:

  • taxa administrativa;
  • seguro;
  • fundo reserva.

A fórmula geral de cálculo das prestações de um consórcio é:

PM = FC + TA + FR + Seguro

  • Prestação mensal (PM)
  • Fundo Comum (FC)
  • Taxa de administração (TA)
  • Percentual fixado referente ao fundo de reserva (FR)
  • Seguro

3. Imóvel 100% financiado

O valor do consórcio é o valor integral do imóvel, dessa forma, se formos comparar ao financiamento tradicional, ele cobre 100% do valor.

Se você está em dúvida entre consórcio imobiliário e financiamento bancário, é bom ter em mente que na segunda opção, em geral, você terá financiado apenas uma parte do valor total do imóvel e ainda deverá arcar com um percentual de entrada, como já citamos anteriormente.

Leia também: 10 Dicas Espertas para Você Financiar Seu Imóvel

4. Forma de poupar dinheiro

O melhor dos cenários seria ter o dinheiro guardado ou investido e não precisar recorrer a serviços como o consórcio, pois, como já falamos, existe uma taxa a ser paga.

Entretanto, para as pessoas que não conseguem guardar dinheiro, o consórcio imobiliário é bom pois, se torna uma economia forçada. Você cria o compromisso de juntar aquele valor para realizar um sonho.

5. Negociação do valor do imóvel com dinheiro a vista

A última entre as vantagens apresentadas neste guia sobre “consórcio imobiliário vale a pena”, é a capacidade de negociação após a contemplação.

Imagine que você foi sorteado no consórcio. Com a carta de crédito em mãos você negocia com o proprietário do imóvel o valor a vista. Isso é uma vantagem e um dos passos de como negociar um imóvel, que pode te proporcionar um bom negócio.

Consórcio imobiliário vale a pena? 3 contras da modalidade

1. Longo prazo

Nesta lista com dicas de consórcio imobiliário, o primeiro ponto contra da modalidade é o tempo que pode demorar até que você seja contemplado.

Dependendo do consórcio que você entrar pode demorar até 10 anos para ser sorteado. Dessa forma, se você precisa imediatamente do imóvel é melhor não contar com um consórcio.

Outra opção é ter um valor guardado para dar um lance alto e tentar ser contemplado nos primeiros meses.

2. Taxas que geram custo e não lucro

Mesmo não havendo juros de consórcio imobiliário existe um custo ao participar desse modelo de compra. Com isso, as taxas cobradas são uma vantagem e uma desvantagem ao mesmo tempo.

Se comparado ao custo de um financiamento tradicional ele é menor, o que é um pró, mas se comparado ao que você deixaria de gastar e mesmo ganharia em um outro fundo de investimento, ele é um contra.

Se você desenvolver a disciplina de depositar o mesmo valor da mensalidade do consórcio na poupança ou outro investimento como CDC, você não pagaria as taxas descritas e ainda ganharia dinheiro.

Já tentou? Não conseguiu?

Então o consórcio imobiliário vale a pena para você.

3. Custo da espera

Se você mora de aluguel, por exemplo, vai continuar pagando até que seja contemplado. Isso é um custo, além do valor do consórcio.

Concluindo

Como você viu ao longo de nosso artigo, responder a pergunta “consórcio imobiliário vale a pena?” não é tão simples.

Depende da sua situação atual e de seu objetivo.

Fazer pesquisas sobre suas opções, é o primeiro passo para fazer um bom negócio e garantir a compra do imóvel perfeito para você.

Quer comprar um apartamento? A EmCasa é uma imobiliária digital feita para simplificar a compra e venda de imóveis. Faça um Tour Virtual pelos imóveis em nosso site sem sair de casa!

Você pode fazer um tour virtual 3D pelos imóveis do site e conhecer o apartamento dos seus sonhos sem nem precisar sair de casa!

Dica para vender imóvelPowered by Rock Convert
EmCasa Imobiliária do Futuro