Tudo sobre morar em Perdizes, bairro da zona oeste de SP

morar-em-perdizes
EmCasa Imobiliária do Futuro

Escolher um lugar para morar não é uma tarefa fácil, mas vamos torná-la mais fácil. Especialmente, se você está buscando onde morar em SP. Neste post, vamos falar tudo sobre morar em Perdizes, bairro super charmoso da capital paulista.

De baladas a hospitais de referência, passando por faculdade e locais de grandes eventos, morar em Perdizes é uma experiência aconchegante, mas que pede um pouco mais de fôlego dos seus residentes.

A seguir fizemos um raio-X sobre o bairro Perdizes e vamos falar um pouco de tudo que acontece por lá para te ajudar a decidir se ele é o bairro certo para você!

Como é morar em Perdizes

O bairro Perdizes é uma área nobre da Zona Oeste de São Paulo. Suas ladeiras dão uma identidade especial à região que é conhecida pela ótima localização e facilidade de acesso a diversos serviços e infraestrutura.

Principais ruas do bairro: mobilidade e transporte

Como dissemos é preciso estar com o fôlego em dia para morar em Perdizes. O bairro tem muitas ladeiras – nas ruas Cayowáa, Caiubi, Paris, Vanderlei, Bartira e Campevas (a lista é grande!), o que torna os deslocamentos a pé um pouco mais cansativos.

Porém, o bairro conta com linhas de ônibus e diversos pontos de parada que levam a outros pontos da cidade. De lá é possível sair para a Avenida Paulista, Marginal Tietê, dentre outras regiões.

A principal via de transporte do bairro Perdizes é a Avenida Sumaré, grande e sinuosa, mas 100% plana.

A Sumaré também possui uma grande ciclovia onde os moradores passeiam com seus cachorros, fazem caminhadas de manhã ou no final da tarde e andam de bicileta. Uma verdadeira academia a céu aberto.

parque-agua-branca-perdizes
Dezembro 2012 – Parque Água Branca – São Paulo. Foto: Murillo Costantino

No bairro existem também três estações de metrô que facilitam a mobilidade para outras regiões da cidade:

  • Linha 2 – Verde: Sumaré. Fica acima da Avenida Paulo VI e tem uma saída na Rua Oscar Freire;
  • Linha 2 – Verde: Clínicas. A estação é perto de um dos grandes centros hospitalares de São Paulo e perto da Rua Teodoro Sampaio;
  • Linha 2 – Verde: Consolação. Faz integração com a Linha 4 – Amarela e as estações Paraíso e Ana Rosa com a Linha 1 – Azul.

O estilo do bairro Perdizes

De famílias a apartamentos para solteiros ou recém casados, Perdizes abraça diversos estilos de vida. Os moradores do bairro prezam pela facilidade de deslocamento e acesso a diversas opções de entretenimento, saúde e educação.

O campus Perdizes é a sede da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e do tradicional colégio Santa Marcelina, fundado em 1927, e tombado pela prefeitura da capital.

E história não falta no bairro. Só este ano o Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp) tombou 39 imóveis localizados no bairro Perdizes.

Andar pelas ruas arborizadas é um mergulho na história da cidade e são esses detalhes que tornam morar em Perdizes mais especial.

Áreas de lazer

Se a lista de ladeiras do bairro Perdizes é extensa, a de lazer não fica para trás. A pergunta “o que fazer em Perdizes?” nunca ficará sem resposta. A região tem praticamente todos os serviços que são essenciais a um residente do bairro.

Vamos conhecer alguns pontos principais para lazer de Perdizes:

Parque da Água Branca

Uma área de 136 000 metros quadrados com muito verde e aquele clima bucólico em plena capital da maior cidade do Brasil.

Além das galinhas, patos e pavões que passeiam livres pelo parque, dividindo espaço com os frequentadores, tem playground, aquário e área de leitura.

feira-organica-sumare-perdizes

Foto: Portal Governo do Estado de São Paulo.

E pra quem adora natureza e vida saudável, todo fim de semana acontece no parque a famosa Feira do Produtor Orgânico.

Allianz Parque

O Allianz Parque, a casa oficial dos torcedores do Palmeiras está localizada no bairro e quem decide morar em Perdizes tem acesso privilegiado ao estádio – dá pra ir andando!

Além das partidas de futebol, o estádio também é palco de vários shows internacionais que acontecem na capital de SP.

Shopping Bourbon

Inaugurado em 2008, o shopping Bourbon possui 210 lojas, praça de alimentação com 1200 lugares, cinema (Espaço Itaú de Cinema) com tecnologia IMAX e capacidade para quase 2.000 espectadores.

Teatro Tuca e Teatro Bradesco

Se você vai morar em Perdizes tem duas opções de teatros com programações culturais excelentes: o Teatro Tuca, que pertence a PUC-SP, e o Teatro Bradesco, inaugurado em 2006 e um dos maiores palcos para performances da capital. Vale a pena conferir as peças teatrais que rolam por lá!

Papagali

Um dos sebos mais famosos de São Paulo com um acervo de mais de 20.000 exemplares e muitas raridades literárias ficam em Perdizes.

Outros serviços úteis para quem vai morar em Perdizes são: a Maternidade São Camilo, academias de ginásticas como a Gaviões que fica aberta na madrugada e cafés como o Café Raiz que fica funciona até a meia-noite.

Onde comer em Perdizes

Tá aí uma pergunta que é respondida com uma variedade enorme de opções. Uma lista tão grande quanto a Avenida Sumaré.

ze-do-hamburger-perdizesDecoração retrô Zé do Hamburguer na R. Itapicuru. | Foto: Veja SP.

Caso você escolha morar em Perdizes, vamos dar algumas dicas de hot spots do bairro para você começar a conhecer (o restante você vai ter o prazer de desbravar sozinho!).

  • Tiquim: na Rua Cayowáa. Vale experimentar o maravilhoso bolovo.
  • Cortás: muitos pastéis irresistíveis no “calçadão” da R. Alfonso Bovero.
  • Redentor: de inspiração carioca tem feijoada, caipirinha e petiscos variados no cardápio.
  • Alma Esquina: para te socorrer no almoço de sábado com maravilhosos PFs
  • BarTira: sucesso entre os estudantes da PUC.
  • Aimbeer (R. Aimberê), a loja Capitão Barley ou o espaço Fatiado Discos e Cervejas (R. Afonso Bovero): para quem curte cervejas especiais.
  • Bebo Sim: noites de quarta ou quinta com balada de música brasileira e outras festas animadas.
  • Zé do Hamburguer: com salão decorado no estilo anos 50, é aquele show de calorias que valem a pena. Não dispense a Batata do Zé para acompanhar seu lanche!
  • The Clock: ainda na vibe retrô o Clock é para os fãs do ritmo rockabilly. A banda de topetudos e a decoração no estilo de lanchonete americana dos anos 50 dão o tom ao local.

Quanto custa morar em Perdizes

Com tantos atrativos é difícil não se encantar por Perdizes e mudar imediatamente para lá. Mas qual o valor do metro quadrado em Perdizes?

O preço médio do metro quadrado de um imóvel à venda em Perdizes é R$ 9.753. O valor final dos imóveis na região é, em média, de R$ 1.425.832.

Entre as ruas mais caras para morar em Perdizes estão:

Rua Preço m2 Preço médio Tamanho médio do apartamento (m2)
Rua Ciro Costa 11.859 595.056 50,17
Rua dos Caetés 11.836 2.584.328 218,34
Rua São Geraldo 11.631 2.162.960 185,96
Rua Lincoln Albuquerque 11.527 2.550.603 221,27
Rua Capitão Messias 11.277 2.298.455 203,81

 

Gostou das referências e quer morar em Perdizes? Conheça os imóveis disponíveis para venda em Perdizes no site do EmCasa.

A EmCasa é uma imobiliária digital que está simplificando a compra e a venda de imóveis. Nossa equipe interna de vendas é especializada, certificada pelo CRECI e está pronta para te ajudar em todas as etapas, desde a busca até a compra e documentação do imóvel dos seus sonhos.

Você pode fazer um tour virtual 3D pelos imóveis do site e conhecer o apartamento dos seus sonhos sem nem precisar sair de casa!

EmCasa Imobiliária do Futuro